quinta-feira, 27 de novembro de 2008

CÁCERES - PAIXÃO DE POETA


Cáceres, Princesinha do Rio Paraguai falada
Cidade de luzes e encanto
Feita de flores, calor e acalanto
Pelo sol brilhante sempre iluminada.

Banhada pelo Rio Paraguai caudaloso
Cercada de florestas pantaneiras;
Frondosos capins como esteiras,
Lagoas e animais lindos e formosos.

Capital Internacional da pesca
Região pantaneira do Turismo;
Conquistando espaço e patriotismo
Onde todos participam de festa.

Cidade de lindas garotas
D’aquelas que exalam perfume por onde passa;
Sua beleza encanta e realça
Por serem belas, meigas e marotas.

Cáceres, por ti tenho imenso amor,
Pois nesse silêncio que encontro em ti;
Escrevo minhas poesias, feitas aqui

E que um dia terá imenso valor.


Poesia: Odair José. Reg. 052/2008.

2 comentários:

Clodoeste Pereira da Silva disse...

Odair, obrigado pelas visitas,
continuo reproduzindo suas belas matérias.

Vereador Kassu

AGUABOANEWS Água Boa MT

Daura disse...

Achei o teu blog por acaso e me prendi nele. Muito interessante! Adoreio a sugestões de filmes!!!

Parabéns!