sábado, 29 de agosto de 2009

Parasitas Sociais


Como sanguessugas eles vivem
De sugar o sangue de quem quer viver
Causando a destruição de vidas
Que só sabem o que é sofrer .

Morcegos de hábitos noturnos
Causam mazelas na sociedade
Tirando o pão da boca de crianças
Que tentam sobreviver nas ruas da cidade.

Parasitas sociais eleitos pelo povo
Mas que deles só sabem sugar
Com promessas mirabolantes
Conseguem ao poder chegar.

Uma vez no poder
Exercem com dureza a dominação
Atacando as funções de seus hospedeiros
Deixando-os miseráveis no chão.

Concietizemo-nos dessa realidade
E reivindiquemos um novo realismo
Com pessoas que façam políticas verdadeiras
Para exterminarmos de vez o parasitismo.


Odair...

Um comentário:

Elsy.e.Mark. disse...

Legal que vc escreve gostei e talvez colque no nosso blog algo seu.abraços Markus falcao