quarta-feira, 9 de junho de 2010

Porque quero que a Argentina ganhe essa Copa.


Neste artigo pretendo abordar as minhas conjecturas com relação à Copa do Mundo de Futebol que será disputada em solo africano pela primeira vez.

Em primeiro lugar quero salientar que sou brasileiro com muito orgulho e que amo a minha pátria. No entanto, chega dessa paranóia que os brasileiros inventam toda época de copa do mundo. Esquecem que os juros estão altos, que existem crises nos lares, etc, etc e tal. Tudo isso porque a Seleção vai estar em campo e são 190 milhões em ação, salve a seleção!

Em segundo lugar torço para que o Brasil possa chegar até as semifinais porque ai, com certeza, teremos pelo menos mais dois pontos facultativos no Estado. Eita vida boa! Mas só até ai. De preferência que seja eliminado pela Argentina ou Itália. Não concordo com a Seleção medíocre que o Dunga arrumou. Só tem volante na Seleção. Uma piada. O que gostaria mesmo era que o Brasil perdesse para a Coréia do Norte na estréia, seria uma zebra e tanto, depois empatasse com a Costa do Marfim e por fim, empatasse com Portugal. Bay bay Brasil. Já imaginou? Isso seria ruim só pelos pontos facultativos que perderíamos, mas seria excelente para a próxima Copa do Mundo que vai ser realizada exatamente em solo tupiniquim.

Em terceiro lugar justifico a minha escolha para que a Argentina seja a campeã. Poderia torcer pela Espanha, Itália ou Holanda, mas não quero que os europeus que, durante anos sugaram o continente africano conseguissem ganhar mais alguma coisa por lá. Isso não seria justo! Quem sabe a Costa do Marfim, a Nigéria ou mesmo Gana poderia erguer a taça. Nossa! Isso seria muito bom, mas não creio em milagres dessa natureza. Quem sabe, então, Chile, México, Paraguai, Uruguai e Estados Unidos que, no meu ponto de vista, não tem muitas chances assim de faturar o caneco. Resta-nos, então, a Argentina.

É preciso que a Argentina ganhe essa Copa. É bom para o Brasil na próxima Copa fazer a final com a própria Argentina e que não repita outro maracanaço. Maradona, então, será melhor que o Pelé. Afinal, vai ganhar uma copa como jogador e uma como técnico. Coisa que o Pelé não fez ainda. O que gosto nessa seleção argentina, assim como a espanhola, é o número de atacantes e gosto do futebol do Messi e do Tevez. E dá-lhe, Argentina!

Neste sentido, o objetivo da minha argumentação é fundamentar a minha torcida, mesmo que em alguns momentos veladamente (meu filho nem pode sonhar com isso), para que a Argentina levante esse caneco. Essa é minha torcida! Se isso acontecer, gostaria de ver os comerciais da Skol depois.

Texto: Odair

2 comentários:

Geraldo Brito (Dado) disse...

Em país democrático cada um tem direito a ter sua opinião...
Saudações e parabéns pelo blog!

Tatiana disse...

Caramba, como eu me identifiquei com suas palavras! Não pelo fato de querer que a Argentina ganhe a Copa, rs, mas pela indignação com esse falso-patriotismo que o povo brasileiro "declara" em tempos assim.

Esquecem-ce de todos os problemas. E o pior: para-se o país por um dia para assistir a um jogo; mas, proponha à população parar um dia em seus trabalhos/estudos para reivindicar contra problemas na saúde, educação, governo, etc., para ver se os nacionalistas o acompanham...

Mas fazer o quê, né? Esse é o "jeitinho" brasileiro.


Enfim, deixo registrado aqui que adorei seu blog. Não me lembro bem como vim parar nele, rs, mas me identifiquei com a maioria dos seus textos.

Parabéns! Deus o abençoe!

Tati