terça-feira, 19 de maio de 2009

Voando Alto


“A águia voa sozinha, os corvos voam em bando, o tolo tem necessidade de companhia, e o sábio necessidade de solidão”. (Friedrich Rückert)

A cada manhã que acordo nos últimos dias tenho sentido uma sensação de alivio e paz na minha alma. Algumas de minhas decisões mais íntimas foram cruciais para que eu alcançasse esse patamar. Durante anos fui prisioneiro de minha incapacidade de viver sozinho e isso era o que eu mais precisava. Afinal de contas eu sou um sábio, um pensador. Tenho a mente privilegiada e, para uma boa qualidade de meus escritos, eu necessito dessa paz interior e do silêncio para melhor me expressar.


Acontece que acabamos caindo na rotina do dia-a-dia e esquecemos que temos uma vida para viver. Então comecei a pensar: afinal de contas quem sou eu: uma revigorante águia ou um simples corvo tolo?


A águia nos dá um exemplo bastante interessante. Vive nas alturas e isso faz com que elas enxerguem melhor e mais longe. Isso possibilita que elas tenham uma visão da vida acima dos demais pássaros da natureza. Por outro lado, os corvos só andam em bandos e representa os tolos que precisam de companhia para estar jogando conversa fora. Quem são os cultos dessa vida: os que estudam para chegar alcançar um patamar de vida melhor ou aqueles que passam horas nas mesas de bar jogando conversa fora?

Qual é o futuro mais cômodo lá na frente? É só parar e perceber o que essa vida passageira oferece.


O que dizer então daqueles que abandonam uma expectativa de vida futura para viver sem perspectiva de futuro? Não é possível entender e não é minha intenção julgar as decisões de outrem. Cada um faz da vida o que bem entender.

Quanto a mim vou seguindo a minha jornada. Às vezes incompreendido e esnobado, mas sei do que sou capaz. As criticas apenas me ajudam a crescer cada vez mais porque sei que só atiram pedras na árvore que tem frutos.


A solidão tem me ajudado a colocar meus textos reflexivos em dias e tem me possibilitado ajudar outras pessoas que passam por situação semelhante. Isso é um dom que Deus me deu e sei que o chamado dEle para minha vida é especial. As adversidades dos últimos dias me fizeram entender o propósito dEle na minha vida.


Assim como a águia pretendo voar o mais alto possível e viver uma vida de sentidos e valores. Para isso nasci e para isso vou viver.

Quanto a você que me lê nesse momento a minha indagação para ti é a seguinte: o que você pretende ser: uma águia e ter vôos altos ou ser um tolo corvo e ficar na companhia de gente vazia e sem futuro?

Responda pra você mesmo.


Texto: Odair José.

2 comentários:

Gamithis disse...

Texto interessante!...

Mas gostaria de apenas lembrar de uma maxima da Física: "Tudo depende do referêncial adotado"...

E pra encerrar: "Uma boa coisa seria usar a filosofia dos ganços em vôo em V"...

Nos vemos pela vida

Shalom

Gamithis disse...

Texto interessante!...

Mas gostaria de apenas lembrar de uma maxima da Física: "Tudo depende do referêncial adotado"...

E pra encerrar: "Uma boa coisa seria usar a filosofia dos gansos em vôo em V"...

Nos vemos pela vida

Shalom